Logotipo da U.Porto Universidade do Porto Universidade Digital Gestão de Informação
Página Inicial             Projectos de Instalações de Faculdades             Gestão de Informação            Arquivo Digital

Arquivo Digital - Projectos de Instalações

Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto

A Faculdade de Arquitectura, criada em 1979, teve as suas primeiras instalações na Avenida Rodrigues de Freitas. A mudança para o Pólo 3 da Universidade do Porto concretizou-se em finais de 1984, quando a FAUP passou a ocupar a “Casa do Gólgota”, imóvel situado na rua com o mesmo nome, na freguesia de Massarelos. O projecto de recuperação desta moradia de princípios do século XX, com quatro frentes e igual número de pisos, um anexo e área ajardinada, ficou a dever-se ao Arquitecto Álvaro de Siza Vieira.
Porém, a exiguidade destas instalações ditou o seu carácter provisório pouco tempo após a mudança. Em Setembro de 1986 foi celebrado um contrato para elaboração do Projecto de Construção da Faculdade de Arquitectura, que foi adjudicado ao mesmo Arquitecto. Quer o Projecto, quer o início da obra, datam de 1988. De acordo com o Programa-Base, o novo edifício iria ser construído no mesmo pólo universitário e a sua área seria limitada a Norte pela via de saída da Ponte da Arrábida, a Sul pela de saída da via Panorâmica e a Leste pelo muro da Quinta da Póvoa; e o terreno atravessado na direcção norte-sul por uma via de acesso à Rua do Campo Alegre. As construções existentes e em funcionamento na Quinta da Póvoa ou do Gólgota – casa, anexos, pavilhão – iriam acolher salas para seminários, oficinas gráficas, o Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo e, ainda, a recepção da Faculdade. O projecto de Siza Vieira repartiu-se por cerca de 9.000 m2 de área bruta e mais de 2.000 m2 de área suplementar.
(Texto adaptado de: FERNANDES, Maria Eugénia Matos, Coord. – A Universidade do Porto e a Cidade. Edifícios ao longo da História. Universidade do Porto - Arquivo Central da Reitoria, 2007)